Aulas de Conversação São Para Mim?

Uma conversa tem um propósito?

É apenas uma mera troca de palavras entre duas ou mais pessoas ou é mais que isso?

Eu achei muito divertido quando um colega australiano olhou para mim e disse : "Let's have a chinwag " e "With me, you don't have to dot around."

Chinwag era uma daquelas palavras que, embora eu entendesse sobre o que estávamos falando, eu não tinha ideia do que ele queria dizer.

Por outro lado, percebi exatamente o que ele disse quando falava, embora não fizesse sentido para mim na época.

Este post irá responder as seguintes questões:

►O que é uma aula de conversação?
► Por que as aulas de conversação são tão populares?
►As aulas de conversação são adequadas para mim?
two men talking

O que é uma aula de conversação?

Bem, do ponto de vista das escolas, é uma aula em que os alunos não apenas estudam o inglês, mas o foco é utilizar o idioma. Do ponto de vista dos alunos, é uma ótima maneira de praticar o idioma e obter alguma experiência real através da conversação.

woman pondering

O que é um “chinwag”?

É australiano para uma conversa, mas, literalmente, significa “balançar o queixo”. Apenas pense o que o seu queixo faz quando você fala?

Eu tenho visto cursos como estes se tornando cada vez mais populares nos dias de hoje.

Tanto que eu diria que é a nova moda, mas por quê?

Bem, as pessoas estão finalmente começando a perceber que apenas o estudo não é suficiente, e que o uso do idioma é igualmente ou ainda mais importante.
Vamos colocar as cartas na mesa, qual é a finalidade de aprender qualquer idioma se não podemos usá-lo quando precisamos?!!

Infelizmente, muitas pessoas que conheço aprenderam inglês em um nível muito superficial.
Ainda me surpreende a quantidade de pessoas que carecem de habilidades essenciais de comunicação, mesmo depois de um ano de estudos.

dart board

Antes de discutirmos se uma aula de conversação é certa para você e o que constitui uma excelente aula de conversação, vamos primeiro entender o que meu amigo quis dizer quando disse: "Daniel, with me you don't have to dot around.”

australian thumbs up

Para melhor ajudar a ilustrar o meu ponto, vamos falar sobre o verbo frasal come across. Nós poderíamos dizer:

"I came across an interesting book in the library."

"Eu me deparei com um livro interessante na biblioteca."

"She came across as a nice person."

"Ela pareceu uma boa pessoa."

Aqui temos o mesmo verbo frasal usado duas vezes em duas frases diferentes, mas ele tem dois significados diferentes.

Poderíamos literalmente mudar estas duas frases para :

"I found an interesting book in the library."

"She seems like a nice person."

Eles significam a mesma coisa, porém as palavras utilizadas no 2º exemplo são provavelmente mais familiares para você, enquanto que as do 1º exemplo são utilizadas com muito mais frequência por nós nativos.

Na verdade, uma das razões pelas quais músicas, programas de TV e filmes são tão difíceis de entender, deve-se à exposição limitada que as pessoas tem a verbos frasais. De qualquer forma, vamos voltar ao assunto principal, que é muitas vezes esquecido, mas vital para o seu sucesso em aprender inglês.

woman questioning

Infelizmente, muitos alunos desanimam e perdem o interesse meramente por causa de uma palavra que não reconheceram enquanto escutavam algo.

Você pode pensar que você não faz isso e pode ser que você não faça mesmo, mas esse tipo de comportamento impede o crescimento.

Além disso, através do contexto, é possível entender o que a pessoa pode estar dizendo, mesmo que você não entenda cada palavra.

Deixe-me apenas dizer isso:

Você não precisa seguir cada palavra sendo falada todo o tempo para compreender o que está sendo dito

...e foi exatamente isso que aconteceu com meu companheiro australiano.

Com “chinwag”, era absolutamente necessário que eu olhasse para ele e perguntasse: "Chinwag?"

Talvez tenha a ver com o sotaque dele, mas quando ele disse: "Daniel with me you don't have to dot around”, eu pude responder a ele em tom de brincadeira: "Dot. Who's dotting? I'm not dotting, you're dotting."

Eu nunca tinha ouvido “dot” sendo usado dessa maneira e eu certamente não pensei que ele quis dizer a palavra “dot” ao pé da letra.
No entanto, apesar de tudo isso, pudemos continuar a conversa.

O ponto é continuar ouvindo e prestando atenção ao conversar, mesmo que uma ou duas palavras sejam ditas que você não sabe, porque através do contexto você pode entender a essência do que estão dizendo.

Além disso, uma boa aula de conversação deve encorajar o aprendizado em tempo real, provocando pensamentos e fazendo perguntas, em vez de apenas dar um monte de definições mastigadas ao aluno.

Foi somente mais tarde que me aproximei do meu amigo para perguntar o que ele quis dizer com a palavra “dot”.
Ele pensou um pouco e depois disse: "Ohhhhhhh, vocês americanos dizem dart ".

Agora sim, “dart” fez todo o sentido.

A expressão comum que os americanos utilizam para a frase do meu colega "With me, you don't have to dot around", é: "You don't have to beat around the bush", que em português seria: “Comigo, você não precisa fazer rodeios”.

Então, agora que passamos por tudo isso, vamos para a grande questão.

Aula de conversação é o ideal para mim?

wizard

Se você é uma pessoa que já obtém um vocabulário grande o suficiente, uma noção de estruturas gramaticais básicas, tanto no presente quanto no passado, sabe pelo menos 20 ou mais verbos em todas as suas formas, assim como pronomes, então eu diria que você está pronto para começar a ter conversas simples.

Se você é um pouco tímido ou tímido para falar, então eu sugiro que aguarde um pouco até você começar a se sentir mais confiante para ser mais participativo.

Se você é o tipo de aluno, que aprende melhor cometendo erros e, ao fazer isso, lembra-se mais facilmente de como falar corretamente, então eu diria que você deve fazer muito mais aulas do tipo conversação.

Atenção

Mais cedo ou mais tarde, você terá que se soltar e permitir-se cometer erros. O aperfeiçoamento só vem através de tentativa e erro, que é o processo natural e não pode ser evitado.

Se você ainda estiver incerto sobre fazer aulas de conversação, faça um teste. Nada melhor do que a experiência , sugiro que faça algumas aulas e você então saberá com certeza.

Apenas se lembre, por exemplo, uma pessoa que envia e-mails comerciais provavelmente não exige aulas de conversação com tanta urgência, ao passo que alguém que participa de reuniões regularmente em uma empresa internacional tem uma necessidade muito mais premente.

Em resumo, quanto antes você iniciar, antes irá se sentir mais confortável para conversar.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leave a comment